quarta-feira, 28 de maio de 2008

Células-tronco: Evangélico pede que deficientes tenham fé para voltar a andar

BRASÍLIA - O evangélico Matheus Sathler causou tumulto em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira, enquanto os ministros da Corte discutem o futuro da pesquisa com células-tronco no plenário.

(Fonte: O Globo Online) - . Bastante exaltado e consciente da atenção da imprensa, ele reclamou da existência de uma "manipulação" financiada pela mídia a favor e se dirigiu aos deficientes físicos presentes, que defendem a continuação das pesquisas.

- Eu vou trazer ex-paraplégicos que foram curados para vocês verem. Se quiserem andar, é só ter fé em Deus. Eu amo vocês e preciso dizer que existe uma manipulação por trás disso. Eu não sou pastor e não vivo de dízimo, mas está tendo ofensa ao credo. Há um começo de perseguição religiosa. Eu vim alertar que existe uma manipulação e ela está sendo financiada pela mídia - disse Sathler, que se declarou "advogado voluntário" da Frente Parlamentar Evangélica.

O pregador convidou os deficientes para visitar o templo de um amigo seu:

- Todo mundo pode vir: negros, homossexuais e deficientes. Até prostitutas de travestis podem vir, mas o homossexual tem que sair de lá falando grosso e macho.

Argélia: Cristãos convertidos são julgados por pregar religião não-islâmica

Seis cristãos convertidos do islamismo podem ser condenados a até dois anos de prisão e a pagar multas de cerca de US$ 8 mil na Argélia, depois de serem acusados de pregar uma religião não-islâmica sem a aprovação do governo.

Os homens, protestantes, são acusados de distribuir material religioso considerado ilegal. O veredicto deve ser anunciado na próxima terça-feira, dia 3 de junho.

Em um caso paralelo, uma mulher, Habiba Kouider, foi processada por ter sido pega portando exemplares da Bíblia, na cidade de Tiaret, a cerca de 400 km da capital Argel.

Ela é acusada de pregar uma religião sem autorização e pode ser condenada a até três anos de cadeia. Kouider nega a acusação.

Exemplo

Alguns jornais argelinos afirmam que o caso de Kouider seria um exemplo de desrespeito à liberdade de consciência, direito garantido pela Constituição do país, que permite, pelo menos no papel, a prática de outras religiões.

Desde 2006, entretanto, as leis argelinas determinam que congregações não-islâmicas e líderes de outras religiões precisam obter licença do governo para poder pregar suas crenças.

Os advogados das vítimas estão sendo pagos pela organização não-governamental American International Christian Concern.

A porta-voz para a África da organização, Darara Gubo, disse à BBC Brasil acreditar que atualmente existe um movimento crescente de repressão à conversão ao cristianismo em vários países muçulmanos.

"Em diversas nações islâmicas os cristãos estão sendo processados quando usam sua liberdade religiosa e evangelizam muçulmanos. Isso acontece na Argélia, Irã, Arábia Saudita, Jordânia e muitos outros países", disse ela.

Gubo afirma que a repressão aumentou na Argélia após a exibição de um documentário que mostrava um aumento do número de cristãos no país.

"Isso (o documentário) gerou muita pressão de outros países do Oriente Médio e da África. Eles consideraram vergonhoso que os muçulmanos estivessem se convertendo."

O governo da Argélia afirma que existem cerca de 11 mil cristãos no país, cuja população é de cerca de 33 milhões. Grupos religiosos cristãos afirmam que o número de fiéis é bem maior.

Fonte: BBC Brasil


Seduzidos pela feitiçaria chique

Fiquei sabendo de uma festa de aniversário de uma pré-adolescente, filha de um grã-fino da alta sociedade inglesa, em que o tema foi "a feitiçaria". "Chique, não é mesmo?", sentenciavam alguns convidados.

Fiquei curioso e li mais sobre a matéria: muitos estavam fantasiados de personagens de vários seriados de TV, que defendem a bruxaria, outros de monstros e, claro, de Harry Potter e sua turma. Era tudo em um estilo elegante e havia até "zumbis". Não, não, a festa não ocorreu em uma santería cubana, nem em um terreiro de candomblé brasileiro e, tampouco, em uma casa de vodu haitiano. Esse fetichismo infantil foi realizado em uma casa luxuosa em Londres, com direito até a manobrista à porta para estacionar os carrões dos figurões que traziam seus filhos.

Hoje em dia, os feiticeiros estão presentes em inúmeros lugares: fantasiados nas ladeiras da cidade de Olinda durante o carnaval, nas telinhas das TVs e nos protestos globalizados pela paz mundial. Eles estão lá... muitas vezes tímidos freqüentadores de covens (grupos de pessoas que estudam e praticam a bruxaria) em sítios distantes dos centros urbanos. Outras vezes, exibidos e provocando aqueles que passam ao largo (com a mesma desenvoltura das prostitutas do "Bairro da Luz Vermelha", em Amsterdã).

A visibilidade deles se traduz como um novo status social – o da "feitiçaria chique"!

Em nossos dias, fetiches marcam culturalmente a identidade dos nossos adolescentes, mas afetam também suas vidas espirituais em pelo menos dois aspectos:

1. Familiarizando-se com o paganismo

Nossos adolescentes passaram a ser indiretamente apresentados ao ocultismo. Por exemplo, no livro e no filme Harry Potter e A Pedra Filosofal, aparece um cachorrão de três cabeças chamado "Fofo", que protege a entrada de uma câmara onde está contida a pedra filosofal. Qualquer um pode até presentear crianças com esse "Fofo" – ele está à venda, em pelúcia, em várias lojas nos shopping centers. As crianças podem levá-lo para casa e até dormir com ele nas suas próprias camas.

Coincidência ou não, na mitologia grega somos apresentados a "Cerberus", também um cachorrão de três cabeças que protege a entrada do Hades. Ambos, "Fofo" e "Cerberus", ficam calmos ao som de música. Nossos adolescentes, quando estudarem sobre "Cerberus", na mitologia grega, vão se lembrar do "Fofo" de Harry Potter. "Cerberus", porém, mata pessoas e não é, de forma alguma, uma criatura agradável. Chique? Claro que não. Tenebroso? Sim senhor!

A Bíblia nos adverte sobre o perigo de confundir o que é reto e luminoso com o que é perverso e escuro: "Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!" (Isaías 5.20).

2. Criando fantasias pagãs no imaginário das adolescentes

A cultura adolescente está sendo bombardeada pela bruxaria. Antes mesmo de surgir Harry Potter, elas já podiam assistir o filme Jovens Bruxas (1996). Ele tratava de jovens bruxas colegiais que acabam brigando entre si – é a "boa" contra a "má" bruxaria. Segundo a Bíblia, porém, bruxaria é sempre bruxaria, independente de ser "boa" ou "má", e é algo que devemos evitar.

Se a adolescente possui televisão a cabo, aí mesmo é que ela pode ser influenciada ou iniciada diariamente na feitiçaria e no modo de vida da wicca (nome moderno da bruxaria). Há vários seriados onde as heroínas são bruxas adolescentes bonitas e agradáveis: Sabrina, Aprendiz de Feiticeira; Charmed; Buffy, a Caça-Vampiros, entre outros.

"Ser bruxa é chique e legal", fantasiam nossas adolescentes após assistirem tais seriados. Muitas vezes querem imitá-las, procuram mudar de identidade para serem mais aceitas pela sua turma, entusiasmam-se e passam a ler mais e a estudar com afinco sobre a wicca. Ninguém precisa mais caçar bruxas, elas estão na nossa vizinhança e, às vezes, na nossa própria família. Muitas crianças estão cegas e sendo iniciadas prematuramente no paganismo através de filmes, jogos, modas, TV, internet e muitos livros de incentivo à bruxaria.

Conclusão

Satanás é um vampiro da psique humana. Ele nos seduz, ilude e depois mata. Na Bíblia Sagrada, feitiçaria é uma espiritualidade associada às obras da carne e jamais à vida no Espírito. Lemos: "não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam" (Gálatas 5.20-21).

Portanto, é das mentes dos nossos adolescentes que o inimigo quer se apossar. O Diabo quer desestabilizar a lucidez espiritual dos nossos jovens e plantar nas mentes mais frágeis o interesse, ainda que aparentemente ingênuo, pela "chiquérrima" espiritualidade wiccana.

Assim sendo, cientes de que nossos filhos podem estar sendo indiretamente aprendizes de feiticeiros e que estamos vendo uma nova geração de cananeus chiques surgindo no planeta, não temos tempo a perder!

Inculquemos nas nossas mentes e nas dos nossos filhos o amor genuíno por Deus e, "finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe os vosso pensamento" (Filipenses 4.8).

Fonte: Samuel Costa / Retirado do site Zoenet.com.br

Bíblia é o livro mais lido pela população brasileira


As mulheres lêem mais que os homens. Esta é a conclusão da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, que será divulgada hoje em Brasília.




Objetivo é mostrar o panorama da leitura no País com população acostumada a dedicar muito pouco, ou quase nenhum, tempo aos livros.

De acordo com os dados, 55% dos leitores são do sexo feminino, maior em todos os gêneros da literatura, os homens lêem mais apenas história, política e ciências sociais. Segundo a pesquisa, elaborada pelo Instituto Pró-Livro, a Bíblia é o livro mais lido pela população brasileira 43 milhões de pessoas dizem ler, dos quais 45% afirmaram fazê-lo com freqüência. A Bíblia é também considerado o livro mais importante.

(Fonte: Terra)

Pedido de Oração urgente pelos pastores da Eritréia

ERITRÉIA - Alguns pastores de tempo integral que estiveram presos nos últimos quatro anos podem ser em breve acusados oficialmente por traição e executados. A informação foi passada à equipe da Portas Abertas por fontes seguras em Asmara.

A intenção do governo, segundo as mesmas fontes, seria encobrir os casos de violação contra a liberdade religiosa no país e a prisão de mais de 2000 pessoas por motivos religiosos na Eritréia, a partir de uma verdadeira "limpeza" nas prisões.

Essa informação está causando grande ansiedade entre as famílias dos presos e cristãos de igrejas clandestinas na Eritréia. Por isso, convocamos todas as pessoas a orarem e transmitirem esse pedido a todos os que crêem na eficácia da oração.

Pedidos
- Provérbios 21:1 diz: "O coração do rei é como um rio controlado pelo Senhor; ele o dirige para onde quer." Por favor ore para que o Senhor transforme os corações endurecidos das autoridades erítreas e frustre todos os intentos malignos.

- Por favor, ore por esses prisioneiros que estão sob a ameaça de acusação e execução. Ore para que eles recebam livramento e a graça do Senhor em meio a essas circunstâncias. Ore para que eles recebam a paz de Deus que excede todo o entendimento.

- Ore pelos membros da família desses prisioneiros para que recebam paz, sabedoria e experimentem o sustento e a graça do Senhor.

- Interceda para que a comunidade internacional se sensibilize e para que nações influentes se disponham a monitorar a situação.

- Ore para que Deus possa intervir na Eritréia. Peça logo por um fim ao longo sofrimento que os cristãos erítreos enfrentam há anos.