quarta-feira, 16 de julho de 2008

ELEIÇÕES AMERICANAS: McCain afirma ser contra adoção por casais gays e recebe críticas

Simpatizantes de casais gays criticam o provável candidato republicano à Presidência dos EUA, John McCain, por se opor à adoção de crianças por homossexuais.

Somente um Estado, a Flórida, proíbe a adoção por casais gays, o que tem se tornado cada vez mais comum nos EUA.

McCain foi questionado sobre o assunto em uma entrevista publicada no último domingo (13) pelo "New York Times".

"Eu acredito que tem sido provado que ambos os pais são importantes para o sucesso de uma família. Então, não, eu não acredito em adoção gay", disse McCain.

O senador republicano acrescentou que ele e sua mulher, Cindy, são orgulhosos de terem uma filha adotiva nascida em Bangladesh e encorajam outros casais a adotarem.

Questionado se a adoção deve ser feita por um "casal tradicional", McCain respondeu que "sim". Os comentários foram criticados por organizações gays e lésbicas.

Críticas

"Ele é completamente fora de contato com a realidade", afirmou Kara Suffredini, diretora de política pública do Conselho da Igualdade Familiar.

Jody Huckaby, diretor executivo da organização "Pais, Famílias e Amigos" de Gays e Lésbicas" afirmou que os comentários de McCain são "especialmente alarmantes" porque mais de cem mil crianças esperam em abrigos para serem adotadas.

"O senador McCain negaria lares repletos de amor para crianças que precisam desesperadamente deles devido a um preconceito ultrapassado sobre o que uma família deve ser", afirmou Huckaby.

Nesta terça-feira, após o aumento das críticas a McCain, seu comitê divulgou um comunicado explicando a entrevista do provável candidato à Casa Branca.

"John McCain poderia ter sido mais claro dizendo que sua posição sobre a adoção por casais gays é um assunto estadual. (...)Ele não estava apoiando nenhum tipo de legislação federal", afirma o comunicado.

"O senador McCain expressou a sua preferência pessoal de que as crianças sejam criadas por uma mãe e um pai quando isso for possível", acrescenta o texto. "No entanto, como um pai adotivo, McCain acredita que as crianças merecem o amor e o cuidado de ambientes familiares e reconhece que há muitas crianças abandonadas que ainda precisam encontrar suas casas".

Retirado de FolhaOnline.com.br

Padre flagrado no bafômetro é liberado

Um padre da região de Ribeirão Preto, que prefere não se identificar, foi flagrado no teste do bafômetro, em São Paulo, na última sexta-feira (11).Ele saiu de uma missa e foi para outra paróquia para outra celebração, mas foi parado numa blitz da Polícia Militar. Como tinha tomado meio cálice de vinho na celebração da primeira missa, foi flagrado no teste. Só não foi autuado, não teve a habilitação apreendida e não foi preso porque um PM o reconheceu e o liberou da fiscalização.

Para evitar outro transtorno, o padre já pensa em trocar o vinho por um suco de uva, que é permitido na igreja católica, ou oferecerá o vinho a um ministro durante a missa. Em Franca, um ex-seminarista foi detido em flagrante, dirigindo embriagado, na segunda-feira (14). Ele pagou fiança de R$ 1,2 mil para não ficar preso.

O padre não soube informar a quantidade exata detectada pelo bafômetro. Após a liberação, ele até fez comentário durante uma de suas missas posteriores, em Ribeirão Preto, pois considera a fiscalização dentro dos municípios um exagero. ''Na estrada tem que ter rigidez mesmo, mas é preciso ser mais flexível dentro das cidades'', disse o padre. Sobre a troca do vinho pelo suco de uva, no entanto, ainda não definiu.

Ex-seminarista

Anteontem, na Rodovia Ronan Rocha, em Franca (que teve 13 autuações por embriaguez desde o início da Lei Seca), o ex-seminarista Antonio Souza, de 30 anos, foi flagrado com 1,57 decigramas de álcool por litro de sangue (mais que o dobro do permitido). Ele foi detido por policiais rodoviários por fazer zigue-zague na pista. Ele também estava cantando em latim, idioma que aprendeu no seminário. Souza cursa História na cidade e disse que havia acabado de chegar do Piauí. Tinha bebido quatro doses de pinga e uma lata de cerveja antes de ser flagrado no bafômetro. Disse aos policiais que é franciscano, que gosta de pobreza, e que bebeu por prazer. Depois que familiares pagaram a fiança, Souza foi para casa.

Retirado de oVerbo.com.br

Atriz de Hannah Montana diz que Bíblia é seu guia mas adoraria fazer filme sensual

Miley Cyrus, a estrela teen de “Hannah Montana”, contou em entrevista à revista “TV Guide” que adoraria fazer uma versão jovem de “ Sex and The City ”, série de TV estrelada por Sarah Jessica Parker que acaba de virar filme.

À publicação, ela conta ainda sobre a fama repentina. “Foi louco. Eu acordei um dia e fui à Macy´s (loja de departamentos americana) e vi uma camiseta com meu rosto. Me sinto poderosa, mas uma menina não deveria usar uma camiseta com o meu rosto só porque gosta do meu show. Ela poderia apenas me admirar.”

Em homenagem ao seu novo single, “7 Things” , a cantora ainda revelou sete coisas que não viveria sem: “A Bíblia, que é o meu guia”; minha mãe!; meu Yorkie (cachorro) Roadie e meu periquito Zazu”; queijo grelhado; música e o meu violão Gibson; meu tênis preto Chuck Taylor Converse, e meu melhor amigo.”

Fonte: O Popular

PM se entrega a Jesus e entrega deputado como mandante de crimes

ALAGOAS - O soldado PM que se entregou à Policia Federal sábado, 12, se disse arrependido dos crimes que praticou – ele agora é evangélico.

Emocionado, depôs na PF e entregou o deputado estadual João Beltrão – para quem disse ter trabalhado durante certo período – como o mandante dos crimes que ele (soldado) praticou em Alagoas e fora do Estado.

Antes de virar evangélico, o militar se dividia entre o bem e o mal – ou seja, entre o quartel e as missões de pistolagem. Com o depoimento dele, a PF conseguiu desvendar pelo menos uma dezena de crimes. O superintendente José Pinto de Luna, em entrevista na manhã desta terça-feira, contou que o depoimento do soldado PM relaciona o deputado João Beltrão com crimes praticados em outros Estados.

- "Isso não é possível. Essas pessoas se acham top de linha; se acham acima da lei", desabafou.

O nome do soldado é mantido em sigilo; ele está preso no presídio militar e vai responder a processos pelos crimes que confessou, mas será colocado como beneficiário para efeito de regressão de pena por ter colaborado com as investigações.

Fonte: OVerbo.com.br

Diego Hypólito irá ouvir música gospel em Pequim

Irmã e gospel hi-tech fazem companhia a Hypólito em Pequim.



Ginasta terá a companhia de sua irmã, Daniele, em Pequim. Diego revelou que levará seu computador e aparelho de MP3 para assistir filmes e ouvir música gospel.