sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Sacerdote de Londres pede desculpas por abençoar união gay

Um sacerdote anglicano que abençoou a união de um casal gay prometeu que não fará isto novamente, a menos que as políticas da igreja mudem.

O reverendo Martin Dudley, da Igreja de São Bartolomeu, no centro de Londres, celebrou o casamento de dois sacerdotes anglicanos homossexuais, que já tinham a união civil registrada.

A carta de desculpas de Dudley, publicada no site da diocese nesta sexta-feira, afirma que ele não abençoará a união de um casal gay novamente.

O reverendo também informou que acreditava que a política da igreja inglesa de impedir as bênçãos gays estava sendo amplamente desrespeitada.

As cerimônias de bênçãos gays têm sido uma grande preocupação na Comunidade Anglicana Mundial, que pediu para que elas não aconteçam mais.

Fonte: Folha Online
Imprimir

Apelo de três cristãos é julgado

ARGÉLIA - Em 21 de outubro, três cristãos da cidade de Oran – Rachid Muhammad Essaghir, Youssef Ourahmane e Hamid – tiveram uma audiência como parte de seu apelo contra a sentença que lhes foi dada.

Os três foram condenados em fevereiro deste ano a três anos de prisão por “blasfemar contra o nome do profeta [Maomé] e o islã” e por supostamente ameaçarem a vida de Shamouma al-Aid que declarou ter se convertido ao cristianismo. Além da sentença, cada um teve de pagar uma multa no valor equivalente a 500 dólares cada.

Pessoas presentes à audiência disseram que o juiz pareceu favorável aos cristãos.

O resultado da audiência será publicado em 29 de outubro. Se o juiz optar por não fechar o caso, os acusados têm o direito de apelar no tribunal da cidade de Oran dentro de dez dias.

Fonte: Portas Abertas