segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Motociclistas pregam a fé nas estradas

A paixão pelas duas rodas e o amor a Jesus Cristo são o que movem um grupo de motociclistas pelas estradas de todo o Brasil. O Motoclube Pregadores do Caminho, o primeiro evangélico no Município, tem como propósito principal compartilhar vida e, com isso, estar integrado com os demais motociclistas.

Criado no Rio de Janeiro em 2005, o motoclube é um ministério da Igreja Batista Betânia. Há dois anos em Rio Grande, o grupo já reúne 15 membros, entre eles homens, mulheres e crianças. Isso porque um dos princípios desses motociclistas é estarem acompanhados das famílias. "Nossa intenção é estar em comunhão. Mas é importante ressaltar que não queremos impor ou empurrar Jesus Cristo para as pessoas. O evangelismo significa compartilhar vida em Cristo e é isso que queremos. Cremos que podemos abençoar as pessoas", explica o presidente do Pregadores do Caminho na região Sul, pastor Renato Vieira de Castro.

O motociclista afirma que a única diferença entre motoclube evangélico e os demais motogrupos é o viver conforme os ensinamentos de Cristo. "No mais, seguimos o principal lema dos motoclubes: Irmandade, Fraternidade, Liberdade e Lealdade. Tudo isso de acordo com a palavra de Deus", diz. Para quem imagina que isso possa ser sinônimo de preconceito, engana-se. O grupo, já respeitado entre o meio dos motociclistas, neste ano, integrou a equipe de apoio na organização do 5º Moto Praia, evento realizado pelo Motoclube Pica-Paus do Asfalto que aconteceu no Cassino de 21 a 23 de novembro. Durante o encontro, eles comemoraram aniversário de dois anos e reuniram mais de 90 motociclistas de diversos motoclubes em um jantar, com direito à banda de rock gospel.

Mas foi em meio à multidão que assistia ao show da banda Só Creedence, no Moto Praia, que o pastor se deparou com uma situação de fé e emoção. "Eu estava no show quando um casal me perguntou por que somos Pregadores do Caminho. E eu expliquei sobre o motoclube e que somos evangélicos. Então eles me disseram que também crêem em Jesus e estavam procurando um grupo que fosse como eles", conta. Logo depois, o homem chamou Castro e disse que queria pedir a namorada em noivado. "E foi ali, no meio do show, que ele tirou as alianças do bolso e a pediu em casamento. Eu orei e abençoei o noivado e a vida deles. A menina não esperava e se emocionou. Foi benção", afirma.

Além disso, os motociclistas já participaram de inúmeros eventos na região, como o 7° Moto Show do Mercosul, que reuniu mais 3 mil motociclistas em Pelotas. E hoje já se tornaram até referência. Em muitos encontros Castro é convidado a levar uma palavra, uma pregação. "Em outros casos, se alguma pessoa está com problemas me chama para conversar", garante. A próxima parada do grupo será Jaguarão. O Pregadores do Caminho foi convidado a participar do 9° Motofest em janeiro, um dos maiores encontros de motociclistas da região. "Será mais uma oportunidade de levarmos a palavra de Deus aos motociclistas", diz.