quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Jovem que se diz evangélico confessa ter matado ex-namorada usando chumbinho

Acusado de assassinar a ex-namorada na sexta-feira passada, em Vila Kennedy, Wallace Lopes Lima, de 20 anos, admitiu, nesta quarta-feira, ter cometido o crime. Ele havia se apresentado na 34ª DP (Bangu) na noite de terça-feira, depois de negociação entre a polícia e a família do jovem.

Wallace confessou ter colocado chumbinho na comida de Lorrayne Amaral dos Santos Vitorino, de 16 anos, e depois dado a ela um comprimido de Rivotril, medicamento para depressão. Segundo a polícia, Wallace teria encontrado o remédio dentro do ônibus e, desde então, também estava tomando o tranquilizante.

Ainda de acordo com a polícia, o jovem, que faz estágio no Ministério Público e se diz evangélico, escondeu o corpo da adolescente durante quase dois dias na laje de sua casa, na Estrada Sargento Miguel Filho, em Vila Kennedy. O crime foi descoberto na manhã de segunda-feira pela tia do rapaz, que o surpreendeu transportando o cadáver em um carrinho de mão. Ao acionar os policiais, o rapaz fugiu. Ele ficou na casa de amigos até se entregar, na terça-feira.

De acordo com a polícia, o casal havia terminado um relacionamento de três anos há poucas semanas. Wallace responderá por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

- A gente não sabe se por efeito do remédio ele perdeu a consciência dos fatos. Será feito um exame toxicológico para verificar vestígios do medicamento - esclareceu o delegado João Luiz Costa.

Fonte: Extra