terça-feira, 3 de março de 2009

Roberto Brum espera Ronaldo convertido e longe das más amizades

Por um Fenômeno 'menos triste', volante do Santos afirma que fama e dinheiro não compram paz, nem felicidade.

As polêmicas envolvendo o atacante Ronaldo, do Corinthians, têm uma explicação: más amizades. Quem analisa dessa forma é o volante Roberto Brum, do Santos, que se mostra preocupado com o Fenômeno. Na última semana, o craque do Timão foi para a noitada em Presidente Prudente e acabou voltando para o hotel de madrugada, desobedecendo regras do clube. Brum afirma ter até sonhado com Ronaldo, mas diz que só irá revelar o teor quando vir o craque convertido.

- Primeiro quero conversar com ele e pedir permissão, porque é algo que expõe a intimidade dele. É algo que ele poderá usar quando estiver convertido, quando estiver indo para a Igreja comigo, com a Bíblia debaixo do braço.

Segundo Brum, Ronaldo é uma pessoa boa, mas que acaba se deixando influenciar por pessoas interesseiras.

- A esposa de um amigo é de uma empresa que trabalha com o Ronaldo. Ela disse que ele é uma das pessoas mais tristes que conheceu, que não entendia como uma pessoa que tem tudo pode ser triste. Eu disse que tem coisas que o dinheiro e a fama não compram. Como paz, amizade, sinceridade – comenta.

Brum encerra afirmando que o ideal para Ronaldo seria se afastar do que ele chama de “falsos amigos”.

- O Ronaldo é uma pessoa bonita, pura, mas que precisa se afastar dessas pessoas que estão seu redor só por interesse.

Fonte : G1

PS:. Eu, particularmente gosto muito de futebol. E sempre quando posso estou acompanhando telejornais esportivos. E hoje, venho aqui falar desse grande jogador do Santos, Roberto Brum. Dou meu parabéns para as atitudes deste 'simples' volante, já vi ele falar de Jesus em coletivas, em progamas de TV, tais como Band Esporte, ser curado de lesão após ter orado e entre outras. O futebol brasileiro está repleto de jogadores evangélicos, mas o necessário é jogadores que sejam diferença neste mundo chamado Futebol. Jogadore como Brum, Kaká, Zé Roberto, e outros merecem nosso reconhecimento. Que Deus os continuem abençoando.