sexta-feira, 31 de julho de 2009

Teologia do Esporte

O esporte é:

- Um Dom de Deus: Romanos 12:6. Todo talento é parte da criação de Deus que nos concedeu diferentes dons uns dos outros. Nós usamos nosso talento esportivo da mesma forma que usamos o talento musical ao cantar em um coral. Todos os talentos existem para ser usados para a glória de Deus. I Corintios 10:31

- Parte da criação de Deus: Gênises 1:25 e I Timótio 4:4. Como tal, o esporte é bom e deve ser praticado com alegria e prazer ( endorfina ). Não há passagem alguma na bíblia que proiba a prática de esportes ou provoque algum sentimento de culpa.

- Uma oportunidade para adoração: Romanos 12:1. Portanto, cada pequenina coisa, em cada segundo e em qualquer lugar, o que nós fazemos deve Ter como propósito a glorificação de Deus. Não devemos ser crentes “período parcial” apenas durante o culto dominical. Colossenses 3:23. Nós usamos nosso talento esportivo para o louvor de Deus e desfrutamos daquilo que Ele criou.

- Uma oportunidade para amarmos ao nosso próximo: Mateus 22:39. No esporte, não podemos jogar sozinhos, precisamos de companheiros e adversários. Deve existir alguém que nos impulsione a nos desenvolvermos para adorar a Deus com os talentos que Ele nos concedeu. Você agradeceria seu colega de equipe após o jogo, caso ele tivesse perdido um gol na final do campeonato? Há no esporte oportunidades de praticarmos o amor de Jesus.

- Um “campo de prova”: Romanos 12:14-21. O esporte nos fornece a oportunidade de provar a nossa fé. Podemos perdoar um adversário que comete uma falta grave? Podemos seguir as regras e obedescer aos ábitros? Certamente que sim, esporte é o local para aprendermos e sermos provados. Como administramos o estresse, a falha, dor, e o sucesso?

- Uma oportunidade para testemunhar: 2 Corintios 5:20. No campo esportivo, não crentes vêem os cristãos da mesma forma que eles são, eles serão atraídos pelas coisas que gostam e irão segui-las. Assim, nós podemos refletir o evangélio, nossa vida é uma fotografia de Jesus.