terça-feira, 25 de agosto de 2009

Cristãos persistem enquanto grupos maoístas tentam invadir vilarejos

ÍNDIA - Cinco missionários da Gospel for Asia ainda estão trabalhando em uma região da Índia onde grupos maoístas rebeldes lutam para obter o controle. Apesar do grande perigo, os missionários escolheram permanecer lá, onde cuidam de duas igrejas, cinco pequenas comunidades e um centro de assistência.

O medo e a violência espalhados pelos maoístas alcançaram seu ponto alto em junho. Nos últimos dois meses, eles tomaram posse de diversos vilarejos na área.

Como os líderes tribais recebem ajuda do governo do estado, estão em dúvida se devem aceitar viver sob o controle dos rebeldes ou não.

No entanto, qualquer uma das escolhas parece horrível. Com os maoístas acampados na floresta ao redor, qualquer um que se aproximar pode ser baleado e seu corpo será jogado na floresta. Forças do governo estão colocando minas terrestres para tentar impedir que os rebeldes avancem mais.

Nessa situação, as atividades do dia-a-dia são difíceis de realizar. Os cinco missionários dizem que o clima tenso está dificultando a evangelização, mas eles não desistirão.

Ore para que o Senhor traga paz a essa situação.

---

A Missão Portas Abertas está em uma campanha de oração e ajuda aos missionários da Índia, clique no link abaixo para participar:
http://www.portasabertas.org.br/campanhas/orissa/campanha_orissa_acao.asp

Missionário de Caxias(RS) morre e passageiro fica gravemente ferido em acidente na BR-116 em SC

No último dia 17 de agosto, um missionário da cidade de Caxias, no Rio grande do Sul se envolveu em um acidente na cidade de Capão Alto, Santa Catarina.
O Fiat Uno com placas do RS em que estava o missionário e mais um passageiro, bateu de frente contra caminhonete.

---
O missionário de Caxias do Sul (RS) Valter Amaro Cavalheiro morreu em um acidente entre um carro e uma caminhonete na BR-116 em Capão Alto, na serra catarinense, às 22h40min de segunda-feira. Na batida, outra pessoa ficou gravemente ferida.

As vítimas estavam em um Uno Mille, com placas de Caxias. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Cavalheiro, motorista do carro, morreu no local do acidente, no km 308 da rodovia. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Lages.

O passageiro do automóvel, Samuel Humberto da Silva Castro Júnior, 25 anos, teve ferimentos graves. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, onde permanece internado em observação.

O condutor da caminhonete, uma Toyota Hilux com placas do Paraná, Jair Antônio Giardi, 56 anos, saiu ileso.

Conforme a PRF, a batida aconteceu em uma curva no trecho da rodovia conhecido como "Serra do Pelotas". Ainda não foram divulgados mais detalhes sobre as circunstâncias do acidente.

Cavalheiro e sua esposa haviam adotado gêmeas em Guiné-Bissau, na África, em fevereiro deste ano, durante uma missão para levar o evangelho ao povo no oeste africano.

Um costume nativo levou as meninas a serem abandonadas para morrer de fome em uma cabana quando tinham apenas seis meses, após a morte da mãe biológica. A crença dizia que, se uma mulher morresse no período da amamentação, é porque as filhas seriam feiticeiras.

Fonte: Jornal Zero Hora