segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Acampamento de Verão da ADI, é destaque em jornal da região da Amurel

A jornalista Carolina Carradore do JORNAL NOTISUL de Tubarão/SC, trouxe nesta segunda-feira (08/02/10) uma matéria falando sobre os retiros de carnaval que são realizados por diversas igrejas da cidade.

-----

Não é trio elétrico, mas arrasta multidões capazes de fazer inveja a qualquer escola de samba ou bloco carnavalesco. Os retiros espirituais organizados por igrejas evangélicas e católica agregam, cada vez mais, um grande número de pessoas que preferem buscar um outro tipo de diversão durante o reinado de Momo.

E para quem pensa que retiro é algo careta, está enganado. Sem abadás ou alegorias, os adeptos apenas preferem passar o feriado longe de bebidas alcoólicas, mas cantam, pregam o amor, oram, e ainda tiram tempo para se divertir como qualquer folião.

Acampamentos unem diversão e reflexão religiosa

A comunidade evangélica de Tubarão também aproveita o feriado de Carnaval para realizar grandes encontros. A Assembléia de Deus Independente (ADI), por exemplo, espera reunir 150 no Acampamento de Verão. A Edição deste ano será na Epagri de Araranguá.

O pastor Carlos Augusto Lopes explica que o evento une diversão e reflexão religiosa. “Nosso principal objetivo é trazer uma nova consciência a essa geração. Explicar que a vida não é só entretenimento, temos também que ter nosso relacionamento com Deus. Além disso, o evento é uma forma de resgatarmos aspectos sociais entre os jovens, pois não há bebidas alcoólicas”, detalha o pastor.


Casais que optam pela oração

O analista de sistemas Vladimir Farias Rosa, 43, e sua esposa, Vanessa Ceolin de Bona Rosa, são frequentadores assíduos dos retiros promovidos pela Assembléia de Deus Independente. “Nosso objetivo é buscar Deus. Todo ano que vamos recarregamos as baterias, renovamos as amizades e ficamos ainda mais unidos”, garante Vladimir.
O retiro, detalha o tubaronense, não é um evento apenas de oração. Também há espaço para um futebolzinho com os amigos, um vídeo e muita música, entre outras atividades saudáveis.

Vladimir já participou de vários carnavais e garante que um retiro espiritual vale por mil noites de folia no litoral. “Cantamos, dançamos e ficamos alegres como em qualquer festa, mas tudo sem bebidas alcoólicas. Nosso alimento lá é a fé em Deus”, completa.